1. Não estamos desamparados

    Deixe um comentário

    15 de janeiro de 2017 por Thor Vaz

    Aprendi a fazer numerosos amigos falsos através da peregrinação seguindo os rastros de falsos profetas.Ao que ia caminhando e me …
    Continue lendo

  2. Novo texto de Teatro

    Deixe um comentário

    10 de janeiro de 2017 por Thor Vaz

    Meu mais novo texto, em parceira com a diva Ludmila Brandão:   O DEUS DANÇANTE OU DEUSES INVISÍVEIS No link …
    Continue lendo

  3. Escrevinhar-te

    Deixe um comentário

    8 de janeiro de 2017 por Thor Vaz

    escrever-te o rosto com as cores de um céu nubloso e belo escrever-te o sorriso sincero com as cores da …
    Continue lendo

  4. Outro homem.

    Deixe um comentário

    3 de janeiro de 2017 por Thor Vaz

    É a noite que traz o peso do regime semi aberto A noite é quem estipula o dialeto semi analfabeto …
    Continue lendo

  5. Cores

    Deixe um comentário

    3 de janeiro de 2017 por Thor Vaz

    contaram-me o segredo eu já sabia ainda que agnóstico adivinharam meu medo mas como enredo se adivinharia por ser lógico …
    Continue lendo

  6. Tua Obra

    Deixe um comentário

    20 de dezembro de 2016 por Thor Vaz

      As folhas das árvores Centenárias Te farão um chá de odor Perfumado Com este tu se banha, adormece deitada …
    Continue lendo

  7. Deixe um comentário

    20 de novembro de 2016 por Thor Vaz

    20 de novembro. Em Salvador a chuva desce. O toque das estrelas, tal qual me lembro. Um elegante presente do …
    Continue lendo

"Se o homem crê que a prova da existência de Deus é a existência humana, o homem crê na capacidade humana como uma extensão da capacidade divina. Se Deus é o criador do céu e da Terra, e do todo e do sol, se Deus toca o céu e fez com suas próprias mãos o sol, e criou á sua imagem e semelhança o homem, é bem crível que o homem - tendo suas mãos feitas á semelhança das mãos divinas - também possa tocar o sol."

"Se o homem crê que a prova da existência de Deus é a existência humana, o homem crê na capacidade humana como uma extensão da capacidade divina. Se Deus é o criador do céu e da Terra, e do todo e do sol, se Deus toca o céu e fez com suas próprias mãos o sol, e criou á sua imagem e semelhança o homem, é bem crível que o homem - tendo suas mãos feitas á semelhança das mãos divinas - também possa tocar o sol." O HOMEM-SOL

"Senti saudade da suadade que tinha quando homem era. Que após um tempo distanciado o homem pensa ser um astro quando é apenas poeira na atmosfera. Depois de tanto tempo doido, vagando no escuro, procurando no fundo do universo um tesouro, percebi que já fui mais perdido quando nem sabia de tesouro perdido. Me sentia vazio, sem luz, sem força. Me sentia humano. E agora, depois de tanto tempo, vejo que me sobrou bem mais do que eu pensava. Quantos homens atentos! Quantos olhos!" O HOMEM-SOL

Aguardando novidades

...1 setembro, 1901

"minha alma pertence a mim enquanto energia existente concreta e perfeita posto que existo neste universo complexo visto e concebido por mim, e até que me provem o contrário, apenas por mim. Apenas por mim. Por isso eu sou grato de ter entendimento que a minha efemeridade, enfermidade, é limitada a este corpo carapaça que ultrapassa sua mediocridade quando emana sua expansão, o suspiro de alma ou a própria alma quando morto o corpo, (...) e a alma que antes habitava logradouro tão finito agora vive em ciclo habitando o todo e o nada." O HOMEM-SOL

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.